“Desafio não mata crente, o que mata crente é estado de acomodação”

julho 7, 2016 0 Comentário »

Enfatizou a missionária Sheyla Xavier durante ministração no Pré-Congresso da CIBESC

Por Monique Suriano

A Confederação das Irmãs Beneficentes de Santa Cruz (CIBESC), presidida pela pastora Ediná Gomes Teixeira, se reuniu no dia 26 de maio em um grande culto que marcou a contagem regressiva do grande Congresso da CIBESC, tradicionalmente realizado no mês de setembro de cada ano. O Pré-Congresso contou com a presença de todas as áreas do campo da Catedral das Assembleias de Deus em Santa Cruz, igreja presidida pelo pastor José Pedro Teixeira. O evento foi marcado por belíssimos louvores e uma poderosa ministração da Palavra de Deus através da missionária Sheyla Xavier, da Igreja Assembleia de Deus do Mutirão, em Belford Roxo.

Ela ministrou a Palavra de Deus nos capítulos 4 e 5 do livro de Ester e falou sobre os desafios que a rainha precisou enfrentar e vencer. “O início da vida de Ester começa com perdas, ela carrega a bandeira de órfã desde muito cedo. E a Bíblia diz que ela já nasce em território estrangeiro. A vida dela é marcada por desafios. Mas de órfã ela é escolhida para ser a rainha de Assuero. Ela deixa de ser Hadassa para ser Ester. Ela vai viver no palácio, usar as melhores roupas, comer as melhores comidas, participar das melhores festas. Estar no palácio é maravilhoso. O problema é o comodismo. Ela estava há mais de quatro anos vivendo confortavelmente no palácio, mas parada. O lado negativo do comodismo é que a gente para. Ela achava que estava tudo bem, mas Deus estava dizendo: “Eu tenho mais para você”. Tem mulher aqui que vai acordar nesse Pré-congresso. Acorda! Desperta! Ainda não é tudo, Deus tem mais para você”, garantiu a pregadora.

A missionária Sheyla também falou sobre os imprevistos. “Que coisa boa é ter tudo organizado, tudo no controle, sem nenhum imprevisto. Mas Deus desafia Ester. Ela ouve de Mardoqueu: “Há um decreto de morte, e quem sabe não foi para isso que Deus te colocou aí”. Deixa Deus te usar mulher, senão, Ele vai levantar outra. A obra de Deus não para por causa de homem, ela sempre vai acontecer. Para de pirraça, na casa de Deus é do jeito d’Ele; Ele tira quem quer, coloca quem quer. Mas depois não diga que Deus não te deu oportunidade”, enfatizou. “Desafio é algo que incita, que instiga alguém a fazer algo além da sua potencialidade. Desafio não mata crente, o que mata crente é estado de acomodação. O desafio te faz crescer, avançar. Desafio aperfeiçoa. No desafio você vai descobrir habilidades que você nunca imaginou que tivesse”, afirmou ela.

A pregadora encerrou a mensagem falando sobre os propósitos de Deus na vida do crente. “Tem coisas que nós não escolhemos para nós, é Deus quem escolhe. Às vezes Deus nos coloca em uma situação, que não tem para onde correr, porque se você pudesse, já teria corrido. Deus está te cercando de um jeito, que só dá para você ir para frente […] Quando Ester diz: ‘Se perecer, pereci’. Ela nos dá uma grande lição de coragem. Tem hora que a gente tem medo de arriscar o novo. Não tenha medo de enfrentar os desafios que Deus está colocando diante de você […] Ela se arrumou toda e chegou com autoridade, tudo o que ela precisava é que ele estendesse o cetro e ele estendeu. A ousadia dela foi tanta, que ela não teve medo de colocar o inimigo para sentar à sua mesa. Deus está dizendo para você nessa noite: ‘O conforto do palácio não é tudo. Abrace esse propósito, porque Deus quer te usar’” concluiu a missionária.

Foto: Luis Fernando Magão

Compartilhar!

POSTS RELACIONADOS

Deixe uma resposta:

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *