Catedral de Itaguaí realiza Escola de Preparação de Obreiros

abril 22, 2016 0 Comentário »

O palestrante do seminário foi o pastor Luiz Guatura, presidente da Assembleia de Deus em Terra Brasil

A Catedral das Assembleias de Deus em Itaguaí (CADI), presidida pelo pastor Roberto Ribeiro de Souza, realizou entre os dias 22 e 24 de março, a Escola de Preparação de Obreiros da CADI (EPOCADI). O tema do evento esteve baseado em II Tm 2.15, que diz: “Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade”. O palestrante do seminário foi o pastor Luiz Guatura, presidente da Assembleia de Deus em Terra Brasil. “O EPOCADI foi uma verdadeira benção, tivemos 541 alunos matriculados. O pastor Luiz Guatura nos trouxe ensinamentos dos céus. A equipe da organização está de parabéns. Ao nosso Deus toda a honra e toda a glória!”, comemorou o pastor Roberto Ribeiro.

Utilizando a apostila de sua autoria, o pastor Luiz Guatura falou sobre temas relevantes como Ética no Ministério, Ética na Liderança e Ética na Família. “A Ética é uma regra que não precisa estar registrada em nenhum lugar, e sim dentro de nós mesmos. O obreiro deve saber se portar, se vestir, usar um vocabulário decente ao falar, tratar os companheiros com deferência. Antes de zelar por uma vida de trabalho e obras, o obreiro deve zelar pela sua vida: saúde, família, intimidade com Deus. Vejo muitos obreiros excelentes, porém com uma péssima saúde, péssimos filhos e mal casado. Tudo isso é falta de zelo consigo mesmo”, destacou o pastor, que falou também sobre a importância em estudar a Palavra de Deus. “A Bíblia é apta para ensinar e necessitamos examiná-la diariamente, para que possamos estar aptos para ensinar a igreja que o Senhor nos confiou. Somente conhecendo a Palavra de Deus nós poderemos corrigir, instruir com justiça, dar conselhos sábios, de maneira que a igreja fique coesa e unida em um só propósito: o de adorar e servir a Deus”, aconselhou.

Vocação e chamada ministerial também estiveram entre os assuntos abordados pelo pastor Luiz Guatura durante o seminário. “A vocação é algo totalmente divino e o Senhor tem compromisso para com os tais. O ministério não pode, em nenhum momento, ser adquirido por vontade própria, mas somente almejado, ou seja, você luta para preencher os requisitos aos quais a Bíblia exige. [..] O obreiro, quando chamado, não deve se mostrar desinteressado ou se auto-valorizar. Ele precisa ser humilde e aceitar a convocação para a qual foi solicitado.  E mesmo que se ache incapaz, deverá ficar na dispensação de Deus, pois o Senhor só o chamou porque conhece as suas qualidades. Muitos desejam obter a oportunidade com muito esforço, mas só o Senhor pode concedê-la gratuitamente”, explicou.

Compartilhar!

POSTS RELACIONADOS

Deixe uma resposta:

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *