ADZO comemora 5 anos de fundação

agosto 25, 2017 0 Comentário »
Assembleia de Deus na Zona Oeste festeja com série ministrações dos pastores
Willian Barros, Ênio da Costa, Clésio Araújo, e Mac Anderson

Por WilderAlmeida

Foram cinco dias abençoados de comemoração nos dias 4, 5, 6, 8 e 10 de agosto na Igreja Assembleia de Deus na Zona Oeste (ADZO), que celebrou o 5ª aniversário de inauguração da sede. “A vontade de Deus é prevalente em nossa vida, porque o nada para Deus é matéria prima. O Início deste ministério se deu por vontade de Deus e eu simplesmente aceitei o desafio. Não foi uma tarefa fácil, largar o conforto que eu tinha para começar do nada. Na obra de Deus ninguém faz nada sozinho e ao longo desses cinco anos me sinto honrado pelas pessoas que me ajudaram nessa obra. Foram muitos momentos tristes de baixa e de adversidade, entretanto não tenho como pontuar os pontos negativos, pois com toda certeza os momentos alegres destacaram-se mais. Faço minha a palavra de Calebe que disse: ‘Eu estava bem jovem e hoje com 85 anos estou mais forte e disposto para vencer outros obstáculos’. Portanto estamos treinados e preparados para vencer mais dez, mais quinze e quanto mais o Senhor determinar”, compartilhou o presidente da ADZO, pastor Luiz Santos.

O tema da comemoração foi “Projeto de Deus”, inspirado na Palavra de Gênesis 11.6, que diz: “Não haverá restrição se estivermos unidos”. A grande festa contou com a participação do Grupo Nova Geração e dos cantores Anderson Rangel, Nágilo e Davi Lins. O pastor Willian Barros, da Assembleia de Deus em Marechal Hermes, o pastor Ênio da Costa, da ADZO, o pastor Clésio Araújo, da Assembleia de Deus em Belford Roxo e pastor Mac Anderson, da Assembleia de Deus Ministério Madureira em Goiânia foram os preletores.

“A humilhação de Tobi não se compara com o que Deus tem guardado para você. Vai chegar o tempo em que você receberá de Deus a sua bênção prometida. Deus sempre nos honrará desde que tenhamos a fé necessária. Imagino que assim tem sido neste ministério. Lutas, apertos e dificuldades, mas Deus está dizendo que você precisa enfrentar esse caminho. Nos planos de Deus não existe supletivo nem curso intensivo para chegar onde Ele quer. É assim porque você é o responsável por suas condutas. Se errar mais de uma vez não diga que é culpa do diabo, pois a culpa é sua. Seja valorozo, seja valente e enfrente!”, encorajou o pastor Willian Barros durante a ministração da Palavra de Deus a respeito do Livro de Juízes 11.1, que diz: “Era então Jefté, o gileadita, homem valoroso, porém filho de uma prostituta; mas Gileade gerara a Jefté”.

O pastor Clésio Araújo foi o preletor do dia 8 e sua mensagem foi pautada no Livro de Juízes 9. 50 a 55, que conta sobre o sítio de Abimeleque à torre central de Tebes. “A vida é feita de decisões, e frente ao perigo eles decidiram seguir em frente. Ninguém disse que seria fácil ainda mais para quem segue os caminhos do senhor”, afirmou. “No detalhe da passagem em que o diabo mostra sua inteligência e muda de estratégia, tentando queimar a porta da torre após o combate, essa porta quer dizer onde está o limite e se ela queimar os limites se acabam. Essa é uma das armadilhas que ainda hoje o diabo usa para atacar a família. Porém, a Bíblia diz que ‘Eis que surge uma mulher’, uma anônima, alguém comum, uma pessoa que não tem nome em cartaz”, ilustrou o pastor Clésio. “A torre representa seu lar. É seu e por isso você é quem tem que impor a autoridade perante ao inimigo. Não espere por irmão de oração ou pastor. Você precisa ser um cristão atuante!”, encerrou.

Na noite de encerramento das comemorações, dia 10, o pastor Mac Anderson abrilhantou a festa com ministrações poderosas acerca do reino de Deus através das parábolas de Jesus registradas no Livro de Lucas 15. “Jesus estava na casa de publicanos, cobradores que roubavam os impostos do povo, e Jesus estava comendo com eles. Quando os fariseus o indagam sobre o porquê de cear com os pecadores. É então que vemos nesse capítulo Jesus utilizando três parábolas que versam sobre perdas, mas no final de cada parábola o que havia se perdido foi encontrado. E não foi por mera coincidência. Não se perca com as perdas! Vai doer, vai machucar, porém a palavra nos mostra assim como agiu o patriarca da parábola, devemos nos manter firmes”, orientou o conferencista Mac Anderson. “Jesus quer dizer que na sua família não interessa o quanto você perdeu. Você pode estar como Jó, tudo aquilo que você possuía, com a permissão de Deus, o diabo levou. Mas assim diz o Senhor, esse ano haverá restituição em sua vida!”, profetizou à igreja.

Compartilhar!

POSTS RELACIONADOS

Deixe uma resposta:

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *