Presidente do campo Jardim palmares completa 25 anos de ministério

fevereiro 4, 2018 0 Comentário »
“Não sou filho de pastor e percorri um longo caminho até aqui. Iniciei meu pastorado em 1992 e apanhei muito,
mas foram ótimos esses momentos para o meu amadurecimento”, declarou pastor Marcos Tadeu.

Por Wilder Almeida

Durante a noite do dia 13 de janeiro, sábado, o pastor Marcos Tadeu, presidente da Assembleia de Deus em Jardim Palmares, celebrou em sua sede o aniversário de 56 anos de idade e de 25 anos de pastoreado. Na ocasião, estiveram presentes muitos dirigentes como os pastores Amós Rubens Teixeira- presidente da igreja Assembleia de Deus da Rua Bahia em Itaguaí, Moisés Rodrigues – fundador da Convenção das Igrejas Evangélicas Assembleia de Deus no Estado de São Paulo e Estados Limítrofes (CIEADESPEL). O culto também encerrou a campanha – 12 dias de clamor para 12 meses de vitória. E já que falamos sobre tempo e oração, pastor Marcos Tadeu contou como fez em seu início: “Não foi fácil no início, eu estava três anos afastado do quartel por causa de um acidente e minha esposa grávida. Assumi a igreja com 30 anos de idade em meio a várias tribulações.” Em seguida refletiu e disse: “A primeira fase quando alguém inicia algo é a empolgação, comigo não foi diferente. Estava todo empolgado, mas aí o tempo vai passando e com ele vem outras fases para administrar”.

A pastora Arlete Tadeu, casada há 30 anos com pastor Marcos, contou mais detalhes sobre esse período reportando o tempo na Palavra de Eclesiastes 3:” ‘Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito de Deus debaixo do céu’. Todos estamos matriculados na escola da vida e o tempo é o nosso maior professor. Por que o tempo nos faz ensinar e aprender muitas coisas; o tempo nos faz amar. Entretanto, nós não podemos deixar, com o passar do tempo, de reconhecer que tudo na nossa vida é para glória de Deus.” Pastor Marcos não pensa diferente e reconhece:” Não sou filho de pastor e percorri um longo caminho até aqui. Iniciei meu pastorado em 1992 e apanhei muito, mas foram ótimos esses momentos para o meu amadurecimento”, explicou. Pastora Arlete concorda e completa: “Nosso início foi muito dolorido com muitas dificuldades. Eu só espero que um tempo nunca passe em nossa vida, o tempo de dizer que eu te amo”, emocionou-se. “Portanto eu só tenho a agradecer por tudo o que Ele fez nas nossas vidas e na vida dos nossos filhos”, finaliza.

O Pastor Moisés Rodrigues relembrou momentos importantes e abriu sua intimidade à igreja: “Marcos Tadeu pra mim é um menino, por que eu já era velho quando o consagrei a pastor”, brincou.” Estou muito feliz em poder congratular com ele nesses 25 anos de trabalho. Ainda jovem ele foi se firmando na doutrina e nos conhecimentos e levantou um trabalho sólido, bonito e abençoado que se transformou hoje, nessa potência que é a igreja de Jardim Palmares”. Na perspectiva do pastor Marcos esse apoio foi essencial para o seu desenvolvimento: “Agradeço muito ao pastor Moisés. Eu fiz questão da sua presença pois ele foi fundamental nessa história, orientando, brigando, puxando minha orelha quando necessário”, sobre esses desentendimentos o pastor reforça que “Mesmo com todas as nossas divergências nunca ficamos separados, pelo contrário, nós nunca guardamos ressentimentos um pelo outro. Sempre soube que tudo aquilo era pra edificação ministerial minha”, concluiu.

Durante a pregação o pastor Moisés falou sobre o Livro de Salmos 101.6, que diz: “Os meus olhos estarão sobre os fiéis da terra, para que se assentem comigo; o que anda num caminho reto, esse me servirá”. Para ele o cristão deve manter-se sintonizado com o Senhor, por que dizer ” Aquele que anda no caminho reto, este me servirá, significa dizer que se Deus te colocou por tantos anos na frente de um trabalho é por que depois dos olhos do Senhor procurarem aqui na Terra seus fiéis, encontrou você. E quando encontrou você ele olhou e disse – este me servirá.”, esclareceu” Quando a gente vai servir não tem lutas, não tem barreiras, não tem problemas. Por que quando servimos não temos que enfrentar lutas e nem barreiras, pois temos o Senhor do nosso lado, segurando em nossas mãos e nos dizendo – você é quem me servirá.”, e com bondade e admiração agradeceu: “Estou feliz em poder acompanhar a sua trajetória já que fui eu quem o consagrou pastor e poder dizer para a sua igreja que você serve ao Senhor. Eu agradeço ao Senhor pela sua vida”.

História do pastor

Marcos Tadeu Silva nasceu em 13 de janeiro de 1962 no subúrbio do estado do Rio de Janeiro. Filho de Eunice Tadeu Silva e Sebastião Silva, casou-se com Arlete Lima Silva em 19 de dezembro de 1987, aos 25 anos; e com ela foi pai de três filhos, Jônatas Tadeu Lima Silva, Jesse Tadeu Lima Silva e Juliana Lima Silva. Aos 11 anos de idade foi batizado, na data do dia 28 de março de 1973 na assembleia de Deus ministério Boa Esperança. E somente após percorrer um longo caminho eclesiástico, Marcos Tadeu Silva só foi consagrado a pastor no dia 30 de abril de 1983, na CIEADESPEL em Botucatu, São Paulo. Ele tomou posse na presidência da Assembleia de Deus em Jardim Palmares na data de 31 de dezembro de 1992, e permaneceu desde então. Esse resumo conta um pouco da grande história de esforço e intimidade com Deus de um presidente que, por anos vem guiando seus membros, sempre trabalhando firme na obra do Senhor para o bairro Jardim Palmares.

Compartilhar!

POSTS RELACIONADOS

Deixe uma resposta:

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *