II Congresso de Escola Bíblica Dominical na ADZO

outubro 15, 2015 0 Comentário »

Durante evento na Igreja Assembleia de Deus na Zona Oeste, os palestrantes abordaram três principais temas: “Os desafios da igreja diante da pós-modernidade”, “A conscientização e o papel da igreja no mundo religioso” e “Seitas e heresias”.

Por Wilder Almeida

A Igreja Assembleia de Deus na Zona Oeste (ADZO) promoveu o II Congresso de Escola Bíblica Dominical no início do mês de setembro. O evento, sob a coordenação do presbítero Paulo Anderson, durou três dias e contou com o ensino dos pastores Claudio Rosa, da Igreja Batista Getsêmani em Belo Horizonte, e Arthur Gadelha, da Igreja Assembleia de Deus em São Cristóvão. Os palestrantes abordaram três principais temas: “Os desafios da igreja diante da pós-modernidade”, “A conscientização e o papel da igreja no mundo religioso” e “Seitas e heresias”.

O pastor Claudio Rosa conduziu a igreja para uma reflexão sobre o verdadeiro propósito do evangelho, através de esclarecimentos sobre temas difíceis e polêmicos. “Ao nosso redor podemos ver e medir qual é o verdadeiro comprometimento da igreja atual. O que está sendo oferecido por muitas “igrejas” é o entretenimento. Números são os objetivos principais destas organizações[…]o trabalho e a missão da Igreja é romper, sair da mediocridade da mesmice, desafiar o que o mundo corrupto, cego pelo pecado, não tem a coragem e a motivação para desejar tal mudança.  Vivemos, nestes últimos tempos, em um mundo extremamente místico, religioso e paradoxalmente distante do verdadeiro Deus[…]nossos questionamentos (sobre todas as outras religiões) se limitam somente em relação a posição doutrinária de pessoa e instituição, que se dizendo cristão, desprezam com suas práticas heréticas os fundamentos doutrinários do Cristianismo, cujas doutrinas estão expressas na Bíblia Sagrada ”, pondera o pastor Claudio Rosa.

Foram três dias memoráveis e a igreja mostrou-se satisfeita com a pregação e o êxito obtido. Ambos os palestrantes foram aplaudidos com emoção e convidados pela ADZO, representada por seu pastor presidente Luiz Santos, a retornarem assim que possível.  Em seguida, o pastor Luiz Santos ratificou que “apesar dos pezares e de todas as nossas diferenças religiosas, como cristão, é nosso dever respeitar e saber conviver em harmonia entre os irmãos neste mundo, ainda que não façamos parte dele”.

 

Compartilhar!

POSTS RELACIONADOS

Deixe uma resposta:

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *