Ezequiel Teixeira quer ouvir presidente da CUT na Comissão de Direitos Humanos

agosto 21, 2015 0 Comentário »

O parlamentar acredita que a fala do sindicalista ameaça à soberania do país

O deputado federal Ezequiel Teixeira (Solidariedade/RJ) protocolou requerimento na Comissão de Direitos Humanos da Câmara (CDHM) pedindo para que o presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Vagner Freitas, seja convidado a explicar suas declarações.

Recentemente, em um evento no Palácio do Planalto, Freitas afirmou que pegaria em armas para defender a presidente Dilma Rousseff. “Somos defensores da unidade nacional na construção de um projeto nacional de desenvolvimento para todos e para todas. E que isso implica agora nesse momento ir para as ruas entrincheirados com arma na mão se tentarem derrubar a presidenta Dilma Rousseff”, disse ele.

Para Teixeira a declaração foi infeliz e deve ser investigada. “Já falei em outras ocasiões que somente às Forças Armadas, composta pela Marinha, Exército e Aeronáutica, compete à defesa da pátria. Atitudes como essa só aumentam o risco de uma guerra civil”, ressaltou o deputado.

O parlamentar acredita que falas como a de Freitas colocam em risco a segurança e a soberania do Brasil. Além do presidente da CUT, Ezequiel já apresentou outro requerimento para ouvir José Stédlie (MST) e o ex-presidente Lula que já ameaçaram colocar um exército na rua para defender o governo petista.

“Tenho muita preocupação com a prática de atos que atentem contra a liberdade de expressão, sobretudo diante da realização de diversas manifestações contra o governo”, afirmou o deputado.

 

Fonte: noticias.gospelprime.com.br

Compartilhar!

POSTS RELACIONADOS

Deixe uma resposta:

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *