“…eu herdei essa força de vontade dela, de tentar transformar as adversidades em coisas boas. E assim será até quando Deus permitir”

julho 28, 2016 0 Comentário »

O desejo de ajudar ao próximo foi despertado desde cedo, na adolescência, aos 14 anos. Casado, 36 anos, pai de dois meninos, cristão e membro da Catedral das Assembleias de Deus em Santa Cruz, administrador de empresas e diretor da Rádio Grande Rio. São muitas funções, no entanto, uma das maiores missões que marca a vida e trajetória de David Mariano é fazer o bem e contribuir para que cidadãos conheçam seus direitos. Ele relembra que tudo começou em 1994, quando trabalhou, com toda dedicação, panfletando em um projeto político do deputado Arolde de Oliveira. Depois das eleições, várias pessoas o procuraram para contar que tinham votado no candidato dele. Foi a partir daquele momento que ele percebeu que poderia influenciar as pessoas para o bem. Hoje, David realiza diversas ações sociais nas comunidades e igrejas, contribuindo para um futuro com uma sociedade melhor. A vontade e a motivação em fazer o bem, em meio a tanta maldade que rodeia a humanidade, vieram de casa. David conta que a mãe, que ele chama carinhosamente de Dona Marilda, sempre foi muito bondosa. “Apesar de todas as dificuldades, ela conseguiu criar oito filhos. Hoje, estamos todos criados e encaminhados na vida. Eu herdei essa força de vontade dela, de tentar transformar as adversidades em coisas boas. E assim será até quando Deus permitir”, compartilha.

David Mariano participa de vários trabalhos sociais: “caravanas do bem”, que leva entretenimento e alegria às crianças; “cine do bem”, em que são exibidos filmes com importantes mensagens sociais; participa também de muitas palestras sobre bullying, combate à exploração sexual infantil e prevenção às drogas. Ele diz que essas questões o emocionam muito, por estarem diretamente relacionadas às crianças e aos jovens e que está trabalhando diariamente em busca de mais empregos e capacitação técnica para a juventude da Zona Oeste. Além disso, David já ajudou a casar centenas de pessoas e mais de 1.000 líderes foram atendidos com formação teológica e reconhecimento dos ministérios. Muitas comunidades já foram beneficiadas por meio de diversas parcerias educacionais e sociais.

Sobre a imensa vontade de contribuir com o próximo, David diz que não se trata de um favor, mas sim de uma ajuda para as pessoas conquistarem um direito que já é garantido pelo Estado. “Não podemos abrir mão de nossos direitos. Ao nos unirmos, podemos fazer bem mais pelas pessoas e a comunidade à qual estamos inseridos. Aprendo diariamente, no contato com centenas de pessoas, que vale a pena continuar acreditando nas mudanças e que fazer o bem é nosso melhor modo de vida”, afirma. David Mariano conta ainda um fato que marcou a vida dele. Em 2013 ele viu uma criança de nove anos morrer depois de ser atingida por uma trave de futebol que estava em mau estado de conservação. “Esse acontecimento me fez ver que temos de ter voz, que podemos – de alguma maneira e mesmo sem cargo eletivo – fazer com que nossos governantes nos ouçam e façam algo que evite casos tão dramáticos como daquela criança, que a única coisa que queria é ter o direito de ser criança respeitado. Tenho tido a chance de mostrar às pessoas que elas têm direitos. Seja o direito de terem uma trave decente em um campo de futebol, seja o direito de receberem um atendimento médico de qualidade”, ressalta.

Compartilhar!

POSTS RELACIONADOS

Deixe uma resposta:

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *