Escola de Líderes capacita cerca de 10 mil líderes cristãos

novembro 13, 2014 0 Comentário »

Pela segunda vez em Fortaleza (CE), a Escola de Líderes da Associação Vitória em Cristo recebeu um grande público no Centro de Eventos do Ceará. Mais de dez mil pessoas, entre elas pastores, líderes e obreiros, de diversas regiões do Brasil participaram da 6ª edição do congresso com o objetivo de buscar conhecimento e crescimento espiritual.

O primeiro a assumir o púlpito foi o pastor Jorge Linhares, da Igreja Batista Getsêmani (BH), que incentivou o público a valorizar a Escola de Líderes e se dedicar à busca ao conhecimento. A pregação abordou o fato de quando Jesus, ainda menino, ficou em Jerusalém e seus pais voltaram para a Galiléia sem perceber sua ausência (Lucas 2.39-52,). O pastor propôs ao público uma reflexão: “Eu percebo quando não estou com Jesus? Se até a mãe de Jesus o deixou para trás, quanto mais nós! Se não vigiarmos, deixaremos Jesus para trás”.

O louvor do evento ficou a cargo dos cantores Nani Azevedo, Rachel Malafaia, Dayan Alencar, Raquel Mello, Jozyanne, Eyshila e Danielle Cristina. O pastor Silas Malafaia, coordenador da Eslavec, também foi um do preletores. Ele falou sobre “Porque estamos vivendo uma inversão de valores na igreja”. Segundo o pastor, existem vários motivos para essa inversão de valores, dentre eles, a ignorância espiritual, no sentido de não se conhecer a verdade bíblica e o que tem e o que não tem valor, e também as crenças e valores internalizados pelos crentes de forma errada.

O apóstolo Rina, da Igreja Bola de Neve ministrou em 1 Pedro 2.9,10 e falou sobre quando Deus nos unge. “Quando Deus te ungiu, te mostrou o seu propósito, assim como foi com Davi. Deus chamou Davi para ser rei, e tudo o que era indefinido sobre seu chamado ficou claro”. O apóstolo também incentivou a enfrentar os desafios: “a unção de Deus faz com que você tenha uma coragem que vem do Senhor para conquistar vitórias. Você veio aqui para se tornar excelente”.

A mensagem do pastor Edson Rebustini, da Igreja Bíblica da Paz, falava sobre a necessidade do ser humano de se voltar para Jesus e viver em sua presença. Baseado no texto de Lucas 14.25-35, o ministro falou sobre o abandono do primeiro amor, ressaltando que não se trata do entusiasmo da conversão, mas sim do relacionamento íntimo com Jesus, de quando Ele era o mais importante em nossas vidas, mais importante do que os sonhos, desejos e até a própria vida. “Às vezes a correria do ministério, do dia a dia da vida moderna faz com que nos esqueçamos de Cristo, esquecemos de que, para ser um discípulo de Jesus, precisamos colocá-lo acima de todas as coisas em nossas vidas e, se preciso for, que morramos por Ele”, disse.

A programação da 6ª Eslavec também contou com as ministrações dos pastores Jackson Antônio, Mário de Oliveira e Geziel Gomes.

Compartilhar!

POSTS RELACIONADOS

Deixe uma resposta:

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *