“Cuidado com as normalidades do mundo”

setembro 26, 2017 0 Comentário »
Esse foi o tema do 4º Aniversário dos Ministérios de Louvor da CADESC

Por Monique Suriano
moniquesuriano@yahoo.com.br

O Ministério de Louvor da CADESC (MLC) comemorou o seu 4º Aniversário com muito louvor e adoração no dia 6 de agosto sob a coordenação da diaconisa Joyce Pedroza. O tema “Cuidado com as Normalidades do Mundo” foi baseado em 1 Coríntios 6.12, que diz “Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma”.

Foi o Ministério Soul Praise quem abriu o momento de adoração com as músicas “Meu Alvo” e “Envolve-me”. Em seguida, o coral da UACABLACK cantou a música “Mais Alvo”. Depois foi a vez do grande coral dos Ministérios de Louvor CADESC com as músicas “No Nome de Jesus” e “Meu Mundo é Teu”. Os jovens e adolescentes também louvaram “Galileu” e o cantor Klev Soares, integrante da banda Quatro Por Um, ministrou as músicas “Vim Para Adorar-te”, “De Volta à Inocência”, “Eu Tenho Um Chamado” e “Só Existe um Deus”. “Deus vai usar você nesse tempo. Você tem um chamado, a gente vai sair desse culto hoje para ganhar pelo menos dez almas para Jesus. Você acredita nisto? ”, indagou o cantor Klev durante a ministração.

A pregação da Palavra de Deus ficou à cargo do pastor Albert Ferreira. Ele leu em I Samuel 15 e falou sobre o rei Agague. “Esse texto fala a respeito da ordem que Deus deu a Saul para que eliminasse um dos maiores inimigos da história de Israel, que eram os amalequitas e tudo o que pertencia a eles. No entanto a Bíblia vai dizer que Saul preserva vivo o melhor das ovelhas, o melhor das vacas e o próprio rei Agague. Ele preserva vivo aquilo que Deus disse para matar. Quando Deus disser mata, não mantenha vivo. Quando Deus diz põem para fora, não coloque para dentro. Se livra, não se apegue. Deus está dizendo para alguns aqui: se livra porque isso vai te embaraçar, isso vai mexer com atua comunhão, isso vai te afastar da igreja. Tudo o que você perdeu a força para se livrar está reinando sobre você! ”, afirmou ele.

O pastor Albert falou sobre a consideração que às pessoas têm com àquilo que Deus despreza. “Quando Samuel soube que Agague estava vivo, ele mandou chamar Agague. E a Bíblia diz que ele veio animosamente, contente, alegre. Sabe por que? Porque Saul fez parceria, fez sociedade com ele. O problema é essa consideração que se dá a Agague. É aqui que eu vejo como esse texto é grave, porque Agague não tirou Saul do trono, Agague não quer tirar você da igreja, não quer tirar você do Ministério de Louvor, da mocidade, do ministério da igreja, do grupo das senhoras, Agague quer que você seja crente, desde que ele seja teu parasita. O conselho é esse, não se acostume com aquilo que Deus já mandou você eliminar”, orientou. “A única coisa que Deus queria que Saul fizesse era ouvir. Ouvir é o que vai determinar o que você vai fazer, não é o escutar. Tem muita gente que escuta, mas não ouve”, completou.
O pastor Albert encerrou falando sobre o domínio de “Agague” sobre os crentes. “Agague não quer que você se desvie, isso é pouco para ele. Ele quer que você continue sendo crente, mas com ele na sua mente. Seu corpo está aqui, mas sua mente está na mão de Agague, ele está te controlando. Agague soltou os teus pés, mas ele está preso na sua mente. Mas Deus te trouxe aqui para dizer que hoje é o último dia que Agague toma a tua mente. Essa festa é o dia do sepultamento desse Agague que não quer te deixar feliz”, profetizou o pastor Albert. “É esse Agague que tem que morrer, não é você que tem que sair de casa, não é você que tem que sair da sua família, não é você que tem que sair de perto de quem você ama. Quem manda na sua casa é você, não dê o território que Deus te entregou para que Agague conquiste, bate esse pé no chão e diga que a casa é sua em nome de Jesus!”, bradou o pregador que arrebatou dezenas de pessoas à reconciliação com Cristo no término do culto.

Compartilhar!

POSTS RELACIONADOS

Deixe uma resposta:

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *