Congresso Mulheres que Transformam

julho 31, 2017 0 Comentário »
Departamento Mulheres de Atitude reúne centenas de pessoas na igreja presidida pelo pastor Marcos Tadeu

Por Wilder Almeida

No decorrer dos dias 14 e 15 de julho, a Igreja Assembleia de Deus em Jardim Palmares celebrou o Congresso Mulheres que Transformam. O evento lotou o templo de mulheres e contou com a participação da cantora Michelene Rocha, da Assembleia de Deus na Taquara, e da missionária Ana Paula Rangel, da Assembleia de Deus Missões Urgentes em Belford Roxo. “Atualmente as mulheres tem mostrado cada vez mais sua relevância dentro da sociedade. Assumindo maior importância em setores antes majoritariamente masculinos. Tal mudança é acompanhada por novas pelejas. E é por essa razão que as filhas de Deus devem estar atentas e firmes na Palavra. Que este congresso possa trazer mudança em sua vida espiritual para que a glória do Espírito Santo possa transformar suas vidas aqui na Terra. Então, aja transformação! Eu creio que Deus nos deu esses dois dias de Congresso para que exista oportunidade para mudança. Sendo assim eu declaro aberto o Congresso de Mulheres”, enfatizou o pastor presidente Marcos Tadeu.

A pastora Arlete Lima Silva, Coordenadora do Departamento Mulheres de Atitude, inspirou o tema na Palavra de Romanos 12.2: “E não sedes conformados com este mundo, mas sedes transformados pela renovação do vosso entendimento para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus”, e explicou: “Entendo que hoje, mais que nunca a mulher tem desenvolvido um papel cada vez mais importante em todas as áreas da sociedade. Mas com isso temos uma desvalorização muito grande desse papel feminino. A mulher não pode ser avaliada unilateralmente através da estética, pois está além desse princípio. E nós como mulheres evangélicas, apoiamos o resgate dessa valorização sendo mulheres de atitude para que possamos transformar esta realidade. Nosso propósito aqui no departamento é de auxílio nessa empreitada”, disse a pastora Arlete.

A preleção do dia 14 foi concedida pela missionária Ana Paula Rangel e ela abordou no Livro de Rute todo primeiro capítulo. “Deus colocou essa Palavra do livro de Rute no meu coração para falar sobre a transformação. Se Rute foi transformada, você pode mudar também. Tal mudança ocorre de dentro para fora, do coração até virar atitudes. A atitude e autoridade se fazem extremamente necessárias, pois a atitude é sua ação e a reação vem de Deus na sua vida. Uma das qualidades da mulher transformada é chorar, porém jamais fraquejar diante de qualquer dificuldade, pois ela sabe que foi ungida para fazer a diferença. A mulher transformada age sempre pela fé com consciência da existência dos planos de Deus. Rute foi uma mulher de muita fé e com fé tudo se torna possível. Vemos que apesar de passar por problemas ela não desanima e os enfrenta de cabeça erguida. Outra característica é a percepção. Você deve observar e analisar suas condutas e a dos que estão próximos”, e encerrou dizendo: ”Desperta tu que dorme!”.

Compartilhar!

POSTS RELACIONADOS

Deixe uma resposta:

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *