22º Congresso da UMADESC

agosto 25, 2016 0 Comentário »

“Olhando para Jesus” foi o tema da festa que reuniu mais de quatro mil jovens em Santa Cruz

Por Monique Suriano

A União de Mocidade da Assembleia de Deus em Santa Cruz (UMADESC) comemorou o seu 22º aniversário entre os dias 16 e 19 de julho. O tema do Congresso coordenado pela missionária Eliana Ramos foi “Olhando para Jesus”, baseado em Hebreus 12.2. A festa reuniu mais de quatro mil jovens vindos de todas as congregações do campo e contou com a participação dos cantores Delino Marçal, Willian Araújo, Elyon Sosthenes, Mayara Lopes, além do Ministério Sarando a Terra ferida e da dupla Canção e Louvor. Os pregadores foram os pastores José Pedro Teixeira, Albert Ferreira, Genival Bento e Helena Raquel.

O pastor presidente, José Pedro Teixeira, prestigiou a abertura da Congresso com uma pregação direta sobre santidade, utilizando o título “As Duas Gerações”, referindo-se à geração de jovens que olha para cima, e a outra que olha para baixo. “Existem dois animais que exemplificam essa geração de jovens que olha para baixo: a galinha e o porco. A galinha tem a visão limitada, o porco representa o mundo arruinado, o mundo distante de Deus, que gosta de lugares sujos, gosta de rolar na lama […] A águia e o arminho representam a geração que olha para cima. A águia tem visão de longo alcance e o arminho prefere morrer que se sujar na lama”, alertou o presidente.

A segunda noite do Congresso UMADESC contou com a ministração da dupla pernambucana Canção e Louvor.  A ministração da Palavra de Deus ficou a cargo do pastor Albert Ferreira. Ele pregou no capítulo 12 do evangelho de João e falou sobre Marta e Maria. “O seu trabalho sustenta o seu propósito, mas o seu propósito não sustenta o seu trabalho. Quem trabalha se cansa, quem vive de propósito não”, afirmou o pastor. “Nós não somos concorrentes, nós somos aliados. Não há um concurso para saber quem canta mais, quem prega mais, que é mais bonito, quem dá mais glória. Maria não quer saber de aparecer, ela não deseja a mesa. Ela começa pelos pés. Ministério começa embaixo; comece pelos pés!”, orientou o pregador.

O Ministério Sarando a Terra Ferida esteve presente no terceiro dia do Congresso UMADESC. E foi a pastora Helena Raquel quem ministrou a mensagem da noite. Ela leu em Marcos 5 e falou sobre o jovem que foi liberto de uma legião de demônios. “Aquele jovem não dormia de noite, ele ficava perambulando. Eu tenho uma palavra de Deus para você: Nós não somos da noite, nós somos do dia. Para com esse negócio de “zanzar” de madrugada, para com essa conversa até às 4h da manhã pelo Whatsapp. Tem vídeos que nunca poderiam ter passado pelos teus olhos. Vai dormir! Você não é da noite, você é do dia!”, orientou a pastora.

Delino Marçal foi o cantor convidado para a noite de encerramento do Congresso UMADESC e deixou uma linda mensagem para os jovens: “Nós não servimos a Deus pelo que Ele dá. Nós o adoramos pelo que Ele é”, afirmou o cantor. Quem encerrou a série de pregações do Congresso UMADESC foi o pastor Genival Bento. Muito emocionado na maior parte do tempo, ele falou sobre a atual conjuntura do evangelho cristão. “Um dos maiores perigos desta geração é que a gente está se esquecendo da simplicidade do evangelho. É a mensagem da cruz que faz a diferença. No nosso tempo, a fama predomina mais que a unção. Tem gente brigando para ter o nome na mídia. Antigamente não precisava depositar cachê para ninguém vir pregar. Não precisava assinar contrato, porque a palavra valia. A igreja era liderada por homens que não sabiam falar direito, mas que tinham marca no joelho e calo na testa”, disse com lágrimas nos olhos.

FOTOS JOSUÉ COSTA

 

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12

Compartilhar!

POSTS RELACIONADOS

Deixe uma resposta:

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *